A INDÚSTRIA DA MODA É UM DOS MAIORES APOIADORES DA ESCRAVIDÃO MODERNA AO REDOR DO MUNDO

Publicado: 25/07/2018

De acordo com um novo relatório da Fundação Walk Free, o mercado da moda tem o título de um dos maiores contribuidores para o trabalho escravo atual.




Por alguns anos, a ideia de que a indústria da moda era a segunda mais poluente do mundo circulava constantemente, repetida em intermináveis ​​artigos e cúpulas de sustentabilidade. Embora esse fato tenha se tornado impossível de provar, um novo relatório sugere um que é igualmente sombrio: a cadeia de fornecimento de moda canaliza mais dinheiro para a escravidão moderna do que qualquer outra indústria além da tecnologia.


O trabalho escravo entra na indústria da moda de inúmeras maneiras, desde crianças que são atraídas para o trabalho forçado das fábricas através de promessas de educação gratuita a catadores de algodão que são mantidos em servidão por seus empregadores. Em uma indústria cada vez mais globalizada, onde o tecido pode ser tecido, cortado e costurado em diferentes nações antes de ser enviado para outro para ser vendido, a escravidão em qualquer país é um problema para todos os países.





O relatório de 2018 do Global Slavery Index, publicado pela Fundação Walk Free, afirma que US $ 127,7 bilhões em vestuário em risco de incluir escravidão moderna em sua cadeia de suprimentos são importados anualmente pelos países do G20, um grupo de nações que respondem por 80% do comércio mundial.


Essas importações ajudam a garantir uma economia global que aprisionou 40,3 milhões de pessoas na escravidão moderna em 2016, 71% das quais eram mulheres. Isso significa que, mesmo em nações desenvolvidas, onde o trabalho forçado pode parecer impensável para o cidadão comum, os consumidores ainda apoiam a escravidão de maneira crucial - por meio de nossas importações de roupas, tecnologia e outras commodities.





"Muitas vezes, o ônus de eliminar a escravidão moderna é colocado apenas nos países onde o crime é perpetrado", afirma o site Global Slavery Index. "Eles certamente têm uma responsabilidade, mas não estão sozinhos nesse sentido. Uma atrocidade tão grande e difundida quanto a escravidão moderna requer uma resposta global e unida."


Qual a importância da transparência na cadeia da moda? Se você se interessa pelos impactos que a indústria e o mercado da moda causam no planeta e como podemos propor soluções e mudanças, você não pode perder o Fashion Meeting Experience - Revolução da Moda! Com Eloisa Artuso e Fernanda Simon do Fashion Revolution, no dia 1 de setembro!


http://www.fashionmeeting.com.br/nossos-eventos/revolucao⠀


Fonte: Elle Brasil























Voltar